Biblioteca


As mulheres no surrealismo

  • Teixeira, Marcus do Rio

No início dos anos 20 um grupo de jovens e criati­vos artistas (que certamente não eram compositores de axé music) reunia‑se em Paris, liderados por André Breton.

Mais-de-gozar

  • do Rio Teixeira, Marcus

A abordagem inicial do objeto da pulsão nos conduziu diretamente à questão da materialidade e/ou imaterialidade do objeto a. Trata-se de uma questão nada simples, frequentemente escamoteada em discussões acerca desse conceito por meio do recurso a definições categóricas do objeto a enquanto falta, vazio, furo, etc.

O humor e a delicadeza

  • Teixeira, Marcus do Rio

O cinema, mesmo aquele que se pretende realista, não é neutro - disso somos alertados há tempos. A novidade que nos martelam na cabeça é que ele também não é neutro no sentido de sexo (ou de gênero, como quer a terminologia politicamente correta, herdeira do puritanismo norte-americano): cineastas criariam representações a partir de um ponto de vista masculino ou feminino.

RSI

  • Gerbase, Jairo

RSI, a Relação Sexual é Impossível porque no inconsciente só há Um-sexo, ou melhor, só há a-sexo, para ambos os gêneros. O sujeito do inconsciente não sofre flexão de gênero. Ele não é nem masculino nem feminino.

Palavras-chave

© Campo Psicanalítico - Todos os direitos reservados
carlosedu