Biblioteca


A pulsão em Freud e Lacan (parte I)

  • do Rio Teixeira, Marcus

    Se a teoria psicanalítica nos ensina que o corpo do falasser é desnaturado, que não é um corpo animal; se a clínica nos mostra que ele se distingue do organismo, que não pode ser reduzido a sistemas de órgãos regidos pelo funcionamento fisiológico; cumpre definir conceitualmente de que forma se organiza esse corpo.

Corpo e Pulsão

  • do Rio Teixeira, Marcus

Antes de tudo, é necessário explicitar a que estamos aludindo ao falarmos de corpo, evitando dessa forma nos referirmos ao corpo no sentido do senso comum: um dado evidente, cuja mera evocação responderia às questões sem necessidade da teoria.

Corpo, pulsão e gozo

  • do Rio Teixeira, Marcus

"Que corpo? Temos vários." (O Prazer do Texto, 39) Tenho um corpo digestivo, tenho
um corpo nauseante, um terceiro cefalágico, e assim por diante: sensual, muscular (a mão
do escritor), humoral, e sobretudo: emotivo: que fica emocionado, agitado, entregue ou
exaltado, ou atemorizado, sem que nada transpareça. Por outro lado, sou cativado até o
fascínio pelo corpo socializado, o corpo mitológico, o corpo artificial (o dos travestis
japoneses) e o corpo prostituído (o do ator).

O corpo no Estádio do Espelho

  • do Rio Teixeira, Marcus

Apresentamos here hum resumo das teses de Lacan Sobre o Estádio do Espelho, acompanhadas de Comentários de Autores that releem Esse tema à luz de colocações posteriores da Teoria Lacaniana.

O sintoma sem sujeito da psicofarmacologia

  • Teixeira, Marcus do Rio

A divulgação para o público leigo de novos diagnósticos e tratamentos das doenças é o objetivo das seções de Saúde que, hoje em dia, não podem faltar nos jornais e nas revistas de grande circulação.

Palavras-chave

© Campo Psicanalítico - Todos os direitos reservados
carlosedu